Histórico
Dizem que médicos têm o maior coração do mundo. E foi com ousadia, amor e determinação que os nefrologistas José Aluísio Vieira e Hercílio Alexandre da Luz Filho criaram a Fundação Pró-Rim, em 1987. Dois amigos com o mesmo objetivo, apaixonados pela profissão.

"Nós chegamos à conclusão de que o paciente renal merecia um tratamento diferenciado. Não queríamos fazer a diálise e depois simplesmente dispensá-lo, sem dar a devida atenção", conta o Dr. Hercílio. "Estamos sempre em busca da excelência, rumo ao notável, ao fantástico, ao sensacional. Somente o bom e o ótimo não nos interessam. Por isso criamos a Fundação Pró-Rim", lembra o Dr. Aluísio.

Navegue pela Linha do Tempo e conheça nossa história, que começa bem antes da inauguração do hospital Pró-Rim e se confunde com a própria evolução dos transplantes renais em Santa Catarina.

Décadas
Primeira Hemodiálise
Após concluir a residência médica em New Orleans (EUA), Dr. Aluísio voltou para Joinville com o sonho de construir na cidade um centro de desenvolvimento da ciência médica e da pesquisa. Foi nomeado diretor clínico do Hospital Municipal São José e, em 8 de agosto, comandou a realização da primeira hemodiálise do estado. Carlito Garcia, morador do bairro Boa Vista, foi o paciente. Chegava em Joinville a modernidade no tratamento de pacientes graves.
Primeiro transplante renal
Em 22 de julho, surgiu a oportunidade do transplante renal. O Hospital Municipal São José tinha a Unidade de Hemodiálise, a UTI e o Centro Cirúrgico em condições. Um jovem de 22 anos se acidentara na BR 101 e estava com comprovada morte cerebral. A família autorizou, mas solicitou sigilo quanto ao nome do doador. A equipe foi chamada às 22 horas e a operação se realizou por toda a noite.

Maria de Souza Assumpção, de 55 anos, moradora do bairro de Nova Brasília, foi escolhida. Viveu com seu novo rim por mais oito anos. A repercussão foi enorme. Além da hemodiálise, a equipe do Dr. Aluísio foi pioneira nos transplantes em Santa Catarina e o Hospital São José, o primeiro não universitário a fazer este tipo de cirurgia.
Inauguração do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt
Diante das dificuldades no Hospital São José, uma comissão de médicos de Joinville (incluindo o Dr. Aluísio) começou a pensar em um hospital com administração privada, ligado a universidades. Assim foi criado o Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, que também realizava sessões de hemodiálise e tratamento para pacientes renais. Anos depois, por razões financeiras, o hospital teve sua administração transferida para o governo estadual. Atualmente, possui 180 leitos, 762 funcionários e realiza cerca de 400 cirurgias por mês.
Criação do Centro de Tratamento de Doenças Renais (CTDR)
O sonho de oferecer um atendimento de qualidade aos pacientes renais estava cada vez mais vivo na mente e no coração do Dr. Aluísio, que encontrou no jovem médico, Dr. Hercílio, o parceiro ideal para a concretização de seus objetivos. Juntos, fundaram o Centro de Tratamento de Doenças Renais (CTDR), empresa médica particular que dispunha dos equipamentos necessários ao tratamento renal. O CTDR começou, então, a prestar serviços para o Hospital Regional.

No entanto, algumas dificuldades ainda persistiam, como a falta de medicamentos e a morosidade para fazer exames complementares. E justamente esses entraves fizeram com que Dr. Aluísio e Dr. Hercílio tivessem a ideia de criar uma entidade com gestão privada e participação da sociedade por meio da captação de recursos. A Fundação Pró-Rim começava a ganhar corpo.
Nasce a Fundação Pró-Rim
Uma organização comunitária, sem fins lucrativos, filantrópica, com administração privada, criada para ajudar os pacientes renais: assim nascia a Pró-Rim, que teve como instituidor o Centro de Tratamento de Doenças Renais (CTDR). Além de prestar serviços na área da saúde, a Fundação foi viabilizada com subsídios públicos, doações de empresas e pessoas físicas, que complementaram os recursos recebidos pelo SUS.

No dia 22 de dezembro, foi inaugurada a Fundação Pró-Rim, em Joinville, a mais importante entidade filantrópica de Santa Catarina na área da Saúde e uma das 100 maiores entidades filantrópicas do país.
Início da construção da primeira fase do Hospital da Pró-Rim
Graças à realização de promoções e campanhas que engajaram a população, teve início a construção da primeira fase do Hospital da Pró-Rim, hoje conhecido como Hospital Vida Center. O Ministério da Saúde foi responsável pelo término da obra, que só aconteceria sete anos depois. Consultórios médicos, unidade de hemodiálise, sala de recreação, laboratório de análises clínicas e um pequeno centro cirúrgico conferiram extrema importância ao hospital.
Interiorização das Unidades
Desde o início, a Fundação Pró-Rim colocou o paciente em primeiro lugar. Um bom exemplo disso foi a decisão de levar a estrutura da Pró-Rim para outras cidades, que acabou postergando a construção do hospital. A mudança no planejamento se deu por causa do deslocamento sacrificante dos pacientes vindos de municípios vizinhos (a hemodiálise é feita 3 vezes por semana).

A unidade de Jaraguá do Sul (SC) foi a primeira a ser inaugurada. Quase 40 pacientes deixaram de viajar a Joinville para fazer o tratamento.
Filial de Mafra e residência médica
Inauguração da filial de Mafra (SC). Neste mesmo ano, a residência médica da Fundação Pró-Rim, parte do conjunto de residências do Hospital São José, foi reconhecida pelo Ministério da Educação e pela Sociedade Brasileira de Nefrologia. "A nossa residência tem a função de especializar o médico em doenças renais, mas antes disso de fazer crescer o homem dentro do médico", enfatiza o Dr. Aluísio.
Começa a realização de um sonho
No dia 23 de outubro, foi inaugurada a primeira fase do Hospital da Pró-Rim. Os pacientes renais tinham, agora, um centro especializado para consultas com equipe médica multidisciplinar, pequenas cirurgias e realização de hemodiálises. A partir de então, o grande objetivo passou a ser a conclusão do Complexo Hospitalar.
Pró-Rim em São Bento do Sul
Inauguração da filial de São Bento do Sul (SC), onde foram desenvolvidos programas de educação e prevenção em Saúde, além do tratamento renal.
Voluntariado
Por meio da arrecadação de roupas, alimentos, kits de higiene pessoal, além da organização de eventos, os voluntários da Pró-Rim têm se esforçado para diminuir o sofrimento dos pacientes renais mais carentes.
Filial de Balneário Camboriú e Prevenção
Mais uma filial da Pró-Rim, agora em Balneário Camboriú (SC). Neste mesmo ano, teve início o Programa Educar para Prevenir, que leva informação com foco no diagnóstico precoce de possíveis doenças renais.
Expansão nacional e criação do IPREPS
Com dificuldades para tratar os pacientes em hemodiálise, o governo do Tocantins contratou a Fundação Pró-Rim em regime de emergência. A clínica foi montada no Hospital Geral de Palmas em tempo recorde e foi inaugurada em 15 de julho.

Para compartilhar o conhecimento acumulado durante mais de duas décadas, criamos o Instituto Pró-Rim de Educação e Pesquisa em Saúde (IPREPS), responsável pela formação e aperfeiçoamento de profissionais voltados à saúde.
Parceria em Goiânia e Certificação ONA
Início de nossa parceria com o Instituto de Nefrologia de Goiânia, com serviços de transplante renal e assistência dialítica nas dependências do Instituto, nas casas dos pacientes ou em UTI de vários hospitais. Neste mesmo ano, o Centro de Tratamento de Doenças Renais (CTDR) adquiriu uma clínica de hemodiálise de 150 pacientes em Araguaína, no norte do Tocantins.

Conquista do Certificado de Qualidade da Organização Nacional de Acreditação (ONA), fornecido pelo Instituto Paranaense de Acreditação em Serviços de Saúde (Ipass) e atestado pela Organização Nacional de Acreditação. Isto significa que a Fundação Pró-Rim tem o reconhecimento de qualidade em todos os nossos procedimentos. Fomos a primeira unidade de hemodiálise de Santa Catarina a receber esta certificação e a terceira do Brasil.
Prevenção em São Paulo e expansão em Tocantins
Devido ao grande número de pacientes, o governo do Tocantins fez um aditivo para que a Pró-Rim também administrasse uma clínica de hemodiálise em Gurupi, no sul do Estado, que foi inaugurada neste ano. Também em 2007, começaram as atividades na filial de São Paulo, onde a Pró-Rim atua por meio do Programa Educar para Prevenir.
Educação e alegria na Pró-Rim
Inauguração do prédio do Instituto Pró-Rim de Educação e Pesquisa em Saúde (IPREPS), no dia 7 de março, em Joinville (SC). O IPREPS é responsável pela formação e aperfeiçoamento de profissionais voltados à saúde.

Neste mesmo ano, foi criado o Rins do Riso, grupo teatral formado por voluntários e colaboradores da Fundação Pró-Rim, que tem como missão levar informações sobre saúde de forma alegre e divertida.
Reconhecimento em dobro
Recertificação concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), agora com o nível 2. Também em 2009, fomos reconhecidos pelo Guia Você S/A como uma das 150 melhores empresas para trabalhar no país.
Entre as melhores
O Guia Você S/A elegeu a Fundação Pró-Rim, pela segunda vez consecutiva, como uma das 150 melhores empresas para trabalhar no país.
Importantes conquistas
Este foi um ano especial para a Fundação Pró-Rim. Integramos, pela terceira vez consecutiva, o ranking das 150 melhores empresas para trabalhar no país, de acordo com o Guia Você S/A Exame.

Fomos também certificados pelo Instituto Paranaense de Acreditação em Serviços de Saúde (Ipass) com o nível 3 da Organização Nacional de Acreditação (ONA), que concede à Pró-Rim o selo de "Acreditada com Excelência".

Realizamos ainda a 100ª cirurgia de transplante renal do ano, em parceria com o Hospital Municipal São José.


Contribua!
Diga SIM à vida
Saiba como ajudar a Fundação Pró-Rim a garantir um tratamento digno e eficiente aos pacientes renais.
Diga Sim! Faça sua contribuição
Pró Rim em números
Os números comprovam a excelência de nossos serviços e a busca constante pela qualidade.

  • Pacientes em CAPD (Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua): 95 em 2013
  • 2.971 alunos formados em todos os cursos do IPREPS até 2014

  • É líder em transplantes renais em Santa Catarina.
  • Sessões de hemodiálise em 2013: 136.000

 

Receba Novidades

Cadastro realizado!

Central de Atendimento

0800 474546
sac@prorim.com.br
 
Unidade Joinville
Rua Xavier Arp, nº 15 Boa Vista
+55 (47) 3434-2090

Redes Sociais


Copyright 2014 - Fundação Pró Rim Mapa do site
 asdas