Mitos e Verdades sobre o Cálculo Renal Mitos e Verdades sobre o Cálculo Renal
Esclareça suas dúvidas

1-Tomar leite previne cálculo renal?

Não é recomendando diminuir a ingestão de alimentos ricos em cálcio como o leite visando evitar a formação de cálculos. Os cálculos renais têm cálcio na sua composição, mas além dele tem outros elementos.  Reduzir ou aumentar a ingestão de cálcio pode causar desequilíbrio entre esses elementos aumentando  ainda mais o risco de litíase renal. 

2-Beber água é o melhor remédio?

O estímulo ao maior consumo de água é recomendado aos pacientes com cálculo renal, com o objetivo de diluir a urina reduzindo  a saturação das substâncias  formadoras de cálculos.

3-Chá de quebra pedra ajuda a eliminar pedras nos rins? 

Cientificamente chamada Phyllanthus niruri Lauxilia na prevenção da formação de cálculos já que reduz a aglomeração dos cristais presentes na urina, condição necessária para a formação do cálculo. Ela pode contribuir para a prevenção na formação de cálculos, mas não para o seu tratamento. 

4- Pedras nos rins é genético? 

Sabemos que cerca de 10%  dos casos de cálculo renal está relacionado a fator genético.  Além do fator genético temos também os fatores ambientais como os hábitos alimentares, o sedentarismo e a baixa ingestão de líquidos. Estudos científicos confirmam que a alimentação rica em sal aumenta a incidência de cálculos renais. 

5- É verdade que a dor da eliminação das pedras é pior que a dor do parto? 

A intensidade da dor depende da posição e do tamanho do cálculo, assim como do grau de obstrução e da tolerância a dor de cada paciente.  Algumas pessoas não tem nenhum sintoma,  outras tem dor intensa e chega a comparar com a dor do parto. 

 6-Cerveja é diurético? 

A  cerveja contem etanol que inibe o hormônio antidiurético e com isso aumenta o volume urinário, motivo pelo qual  ganhou a fama de ser diurética. Esse aumento do volume urinário pode levar a desidratação e trazer malefícios ao funcionamento renal, como por exemplo,  a formação de cálculos.  Assim como toda bebida alcoólica ela aumenta a pressão arterial que futuramente  poderá  causar problemas renais graves. 



Por: Dra. Sirlete Carvalho Rezende - CRM 2953/TO - Médica Nefrologista de Palmas/TO





Contribua!
Diga SIM à vida
Saiba como ajudar a Fundação Pró-Rim a garantir um tratamento digno e eficiente aos pacientes renais.
Diga Sim! Faça sua contribuição
Pró Rim em números
Os números comprovam a excelência de nossos serviços e a busca constante pela qualidade.

  • Baixa taxa de mortalidade em hemodiálise (8%), comparada com outros países
  • Pacientes em CAPD (Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua): 80 em 2016 (64 em Santa Catarina e 16 em Tocantins).

  • Estamos em 2º lugar na realização dos transplantes renais em Santa Catarina.
  • Pela 8ª vez consecutiva entre as 150 melhores empresas para trabalhar - Revista Você S/A.

 

Receba Novidades

Cadastro realizado!

Central de Atendimento

 
Unidade Joinville
Rua Xavier Arp, nº 15 Boa Vista
+55 (47) 3431-3800

Redes Sociais


Copyright 2014 - Fundação Pró Rim Mapa do site
 asdas