Notícias
31/01/2014
Comunicação, internet e saúde
Presença digital da Fundação Pró-Rim busca auxiliar pacientes renais de todo Brasil

 “Se não fosse a internet, eu não estaria aqui”. Esta frase foi dita pela paciente da Pró-Rim de Minas Gerais Andrea Braga, em 2013. Ela precisou de um transplante de rim, conheceu a Fundação pelas redes sociais e através delas arrecadou dinheiro suficiente para vir até Joinville (SC). Em 2012, Andrea fez o transplante e hoje, segundo ela, graças a Internet está viva.


Desde que fortaleceu sua presença digital, em 2011, a Pró-Rim tem recebido pacientes de todo Brasil, principalmente para a realização do transplante renal. Segundo levantamento de 2013 feito pelo serviço social da Fundação cerca de 60% das pessoas transplantadas são de outros estados. Mato Grosso lidera o ranking.


De acordo com o diretor clínico da Pró-Rim, Dr. Marcos Vieira as pessoas estão cada vez mais aderentes às ferramentas digitais de informação, e na saúde não é diferente: “a internet pode ser considerada uma nova unidade da Pró-Rim que pode chegar à casa de muitos brasileiros com o objetivo de oferecer mais qualidade de vida para os pacientes renais”.


Com foco no atendimento à saúde do renal, a Pró-Rim está presente nas redes sociais, virais e em canais de atendimento, a fim de oferecer um serviço a mais à saúde da população. O objetivo dessa presença é ajudar pessoas como a Andrea a encontrar mais qualidade de vida, seja pelo transplante renal, cuidados na diálise, hábitos alimentares, lazer, atividade física e principalmente maior atenção com os rins. Segundo a Sociedade Brasileira (SBN) 1 em 10 pessoas manifestam algum problema renal e mais de 19 mil aguardam por um transplante de rim no Brasil (Dados 2013).


Precisamos falar mais sobre saúde


A necessidade em falar sobre a saúde tem o mesmo peso de ouvir a quem precisa, e o Dr. Online é um bom exemplo disso. Criado na década de 90 o serviço é oferecido no site da Fundação Pró-Rim e é voltado para tirar dúvidas sobre doenças relacionadas aos rins. Segundo o diretor clínico e também nefrologista quanto mais informação o paciente tiver, maior será a oportunidade de se procurar por um profissional especializado e ter tratamento adequado.


Em 2013 o Dr. Online recebeu mais de 670 perguntas sobre vários assuntos relacionados à saúde renal. A maioria das perguntas veio de São Paulo (200), Minas Gerais (82) e Rio de Janeiro (76). No início deste ano um brasileiro que mora no Japão também fez contato com o Dr. Online, solicitando mais informações sobre o transplante renal na Pró-Rim.


“Esclarecer e mostrar um caminho mais fácil através do Dr. Online oportuniza a busca mais rápida pelo tratamento ideal. As pessoas têm ainda restrição no acesso à saúde e dessa forma nós procuramos ajudar aqueles que precisam de informação”, enfatizou o diretor clínico da Pró-Rim. Para 2014 a ideia é ampliar as redes de comunicação da Pró-Rim na internet, com desenvolvimento de aplicativos para os pacientes renais e público em geral.


Acesse, participe e acompanhe a Pró-Rim nas redes sociais

Twitter | Facebook | You Tube






Contribua!
Diga SIM à vida
Saiba como ajudar a Fundação Pró-Rim a garantir um tratamento digno e eficiente aos pacientes renais.
Diga Sim! Faça sua contribuição
Pró Rim em números
Os números comprovam a excelência de nossos serviços e a busca constante pela qualidade.

  • Atendimentos no Ambulatório de Transplantes: 4.901 (4.107 consultas pós-transplante; 601 consultas pré-transplante receptor; 193 consultas pré-transplante doador)
  • Meta para 2014: 135 transplantes

  • Sessões de hemodiálise em 2013: 136.000
  • Pacientes sendo preparados para o transplante: 200

 

Receba Novidades

Cadastro realizado!

Central de Atendimento

0800 474546
sac@prorim.com.br
 
Unidade Joinville
Rua Xavier Arp, nº 15 Boa Vista
+55 (47) 3434-2090

Redes Sociais


Copyright 2014 - Fundação Pró Rim Mapa do site
 asdas